jump to navigation

Projeto

SANEAMENTO, EDUCAÇÃO AMBIENTAL E MOBILIZAÇÃO

“Mobilizar é convocar vontades”

(José Bernardo Toro)

Contribuir para que a sociedade entenda a complexidade das questões socioambientais e reflita sobre o contexto local – para depois se inserir em ações coletivas e no diálogo com o Poder Público, na construção da gestão participativa do saneamento. Esse é um dos principais objetivos do Projeto de Educação Ambiental e Mobilização Social em Saneamento (PEAMSS), iniciativa piloto em 13 municípios do Estado da Bahia (clique aqui para conhecer os municípios).

O projeto é uma parceria entre a Fundação Juazeirense para o Desenvolvimento Científico, Tecnológico, Econômico, Sócio-cultural e Ambiental (FUNDESF), ligada a Universidade do Estado da Bahia (UNEB), e a Secretaria de Desenvolvimento Urbano/Empresa Baiana de Águas e Saneamento (SEDUR/EMBASA). E faz parte das ações do Programa Água Para Todos, onde o governo promove intervenções nos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário que são avaliados tecnicamente como críticos.

Cada município participante do PEAMSS mantém equipes locais, supervisionadas pela UNEB, que estão construindo um calendário de atividades a partir de seminários de abertura que foram realizado no início do projeto, em abril de 2.010.

Durante esses seminários, moradores das zonas rural e urbana, representantes de instituições e outros atores sociais mapearam a sua própria realidade e iniciaram um processo de mobilização em rede por meio do chamado Grupo de Acompanhamento do PEAMSS – o chamado GAPEAMSS. Além de participar de cursos e oficinas, o GAPEAMSS de cada município irá propôr ações de mobilização em saneamento.

Formações – Meio ambiente, saneamento, legislação ambiental, comunicação e produções comunitárias de rádio e de jornal fazem parte dos temas que estão sendo trabalhados em oficinas e cursos oferecidos a representantes do GAPEAMSS e de movimentos sociais, professores e alunos da rede e de universidades locais, e gestores públicos em cada município.

Além das formações e da atuação do GAPEAMSS nas 13 cidades do projeto, estão realizadas pesquisas de percepção socioambiental com as comunidades locais.

Ao final do projeto, que foi iniciado em março de 2.010 e termina em dezembro de 2.010, haverá seminários de encerramento para socializar os resultados vivenciados durante as atividades.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: